Texto: Marco Borba

Imagens: Marcelo Deck

Equipes da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico e da Guarda Civil Municipal da Prefeitura de Osasco percorreram no sábado, 21/3, ruas e avenidas da cidade fiscalizando o comércio para garantir o cumprimento de decreto editado no dia anterior determinando o fechamento de lojas para evitar a aglomeração de pessoas em razão da epidemia de coronavírus.

O prefeito Rogério Lins acompanhou algumas das ações e voltou a reiterar a necessidade de comerciantes respeitarem as recomendações, bem como a população, que deve sair de casa somente em casos essenciais para evitar as aglomerações.

Alguns comércios ainda estavam de portas abertas e tiveram de encerrar as atividades. Por enquanto os comerciantes estão sendo apenas orientados. Os que persistirem poderão ter o alvará de funcionamento suspenso.

Pelo decreto, só podem funcionar serviços essenciais, como mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimento, lojas de conveniência, lojas de alimentação para animais, distribuição de gás, lojas de venda de água mineral e padarias, restaurantes e lanchonetes, postos de combustível e oficinas mecânicas, excetuadas as revendedoras de automóveis. A medida é válida até 5 de abril, podendo ser prorrogada.

O decreto traz ainda a recomendação para que esses estabelecimentos intensifiquem as ações de limpeza, disponibilizem álcool em gel para clientes, divulguem informações acerca da Covid-19 e medidas de prevenção. No caso das lanchonetes e restaurantes, a determinação é de que mantenham distanciamento de 2 metros entre as mesas.

Também fica suspenso pelo mesmo período o funcionamento de casas noturnas, estabelecimentos dedicados à realização de festas, eventos e recepções. Também haverá a suspensão do termo de permissão de uso concedido aos profissionais autônomos localizados em áreas de grande concentração e ambulantes.

Haverá ainda a intensificação na retirada de todo comércio ambulante ilegal, com apoio da Guarda Civil Municipal. Carros de som já circularam pelos pontos comerciais avisando sobre as medidas e alertando a população para ficar em casa.

 

Cuidados

A melhor forma de prevenção e combate à propagação do vírus é a higienização constante das mãos com álcool em gel 70% ou água e sabão e evitar a proximidade com outras pessoas. Evite beijos, abraços e apertos de mão ao cumprimentar alguém. Ao tossir, cubra a boca com o antebraço ou lenço de papel descartável.