Texto: Olga Liotta
Fotos: Jean Bueno

 

A Prefeitura de Osasco, por meio do Departamento de Fauna e Bem-Estar Animal, vinculado à Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), iniciou na segunda-feira, 25/2, o atendimento de cães e gatos no recém-inaugurado Hospital Veterinário Público de Osasco (HVPO), na Avenida Franz Voegeli, 930, Jardim Wilson, zona Sul.

A unidade é a primeira a oferecer atendimento veterinário do município e foi batizada de “Manchinha”, em homenagem ao cachorro morto em novembro do ano passado, após ser agredido, e que mobilizou defensores de animais e cidadãos de todo o país.

O hospital terá atendimento de segunda a sexta-feira, das 8 às 17h, com distribuição de senhas por dia, a partir das 7h30.

A entrega da unidade Manchinha aconteceu no sábado, 23/2, pelo prefeito Rogério Lins, que estava acompanhado de sua esposa e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Aline Lins, e da vice-prefeita Ana Maria Rossi. Diversas autoridades prestigiaram a solenidade, entre as quais a deputada federal Renata Abreu, os deputados estaduais Delegado Bruno Lima e Bruno Ganem e representantes do Legislativo municipal.

Rogério Lins destacou a importância de políticas públicas voltadas ao bem-estar animal e anunciou que a segunda unidade será entregue em cerca de 60 dias, na zona Norte, com um atendimento mais abrangente, atendendo casos de média e alta complexidade.

“Osasco mais uma vez sai na frente na causa animal, sendo referência para todo o Brasil. Na semana passada inauguramos o Serviço de Acolhimento que tem um canil para receber os animais dos acolhidos, e em parceria com a Cobasi oferecemos uma ração especial, de qualidade aos pets. Os animais ainda têm atendimento veterinário, são vermifugados, vacinados e encaminhados para castração. Nosso objetivo será investir, cada vez mais, em saúde pública de qualidade aos nossos pets”, destacou Lins.

 

Estrutura e atendimento

O Hospital Veterinário - unidade Manchinha é composto por uma ampla sala de espera, setor administrativo, centro cirúrgico, dois consultórios, salas para exames de coleta de sangue e imagem, refeitório para os funcionários e dois banheiros.

O hospital conta com dois clínicos, dois cirurgiões, um anestesista, três enfermeiros, três auxiliares de limpeza e dois recepcionistas e realizará serviços de pequena complexidade: clínica médica, cirurgia geral, ultrassonografia e hemograma completo.

A unidade é administrada pela Associação de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa) e está sob a responsabilidade do veterinário Luiz Wilson Oliveira Júnior, diretor da Anclivepa.

 

Revitalização do Pet Parque

Os animais da cidade também contam com o PET Parque, uma ampla área verde, inovadora e de lazer, com espaço de convivência para os cães brincarem ao ar livre, sem restrições, e fazerem atividades físicas nos aparelhos. O parque está ao lado do Hospital Veterinário e funciona das 8h às 20h, de terça a domingo.

Para oferecer ainda mais qualidade aos frequentadores, a Prefeitura realizou a revitalização da área, implantando novo gramado, novo paisagismo, pintura geral, poda, roçagem e levantamento de copas, colocação de novos bancos para descanso e novos aparelhos para os pets se exercitarem.

No sábado, 23/2, durante a inauguração do Hospital Veterinário, a população também pode curtir as diversas atrações preparadas pela Secretara de Meio Ambiente, com food truck, pista de agility, pet day, feirinha de artesanato, entre outros. 

Depoimentos

O secretário de Meio Ambiente, Marcelo Silva, agradeceu ao diretor de Fauna e Bem-Estar Animal, Fábio Cardoso, por toda a parceria, aos secretários municipais Bruno Mancini (Planejamento e Gestão), Pedro Sotero (Finanças), Ivo Gobatto (Jurídico) e Lau Alencar (Serviços e Obras), em nome d os demais secretários, ao prefeito Rogério Lins e sua equipe de gabinete, ao Legislativo, à Clínica 24h, ao Pet Previdence e à Anclivepa. “É um momento histórico para Osasco”, disse emocionado.

Durante seu discurso, a deputada Renata Abreu anunciou que destinou mais R$ 2 milhões para Osasco. “É tão bom chegarmos em casa e sermos recebidos por nossos animais de estimação e nossos filhos, por isso parabenizo a todos os que amam e defendem a causa animal. Não acredito como um projeto tão importante como este não foi aprovado pelo governo anterior.  Rogério Lins abraçou esta causa e com o apoio do legislativo, tornou esse projeto realidade. Estou destinando mais R$ 2 milhões para Osasco e saiba que pode contar sempre comigo, com o meu mandato, e que agora ganha reforço com os deputados estaduais”, disse.

O deputado estadual em São Paulo, Bruno Lima, que tem grande atuação na causa animal, veio conhecer as instalações do HVPO e parabenizou o prefeito Rogério Lins pela iniciativa. “É um projeto maravilhoso. São poucas as cidades que conseguem fornecer uma estrutura desse porte tanto para a população quanto para os animais”, destacou.

Ralfi Silva agradeceu a presença dos protetores de animais e o prefeito. “A morte do Manchinha não foi em vão. Osasco e Manchinha servirão de exemplo para todo o país. Conseguimos o SamuVet e o Castra Móvel para Osasco, que em breve estarão em funcionamento na cidade”, destacou o vereador Ralfi Silva.

Participaram do evento, defensores de animais, o presidente da Câmara, Ribamar Silva, os vereadores Ralfi Silva, Ricardo Silva, Pelé da Cândida, Batista Comunidade, Josias da Juco, Toniolo, Alex da Academia, Jair Assaf e Daniel Matias; os secretários Carmônio Bastos (Esporte), Délbio Teruel (Administração), Pedro Souto (Comunicação), José Carlos Vido (Gabinete), Lau Alencar (Serviços e Obras), Eder B2 (Cultura), Paulo Contim (Indústria, Comércio e Abastecimento), Sérgio Di Nizo (Governo), Claudenes Begnini (Transportes), Coronel Virgolino (Segurança), Bruno Mancini (Planejamento e Gestão), o secretário de Meio Ambiente de São Vicente-SP, Gustavo Palmieri; Sargente Kenjiro, da Polícia Militar; vereador Fausto Peres, de Sorocaba; vice-prefeito de Cotia e secretário de Segurança Pública, Almir Rodrigues; Luis Wilson, responsável pelo HVPO; Edmo Menini, reitor da Unifieo; os secretários adjuntos, Fábio Grossi (Meio Ambiente), Moreira (Segurança), Fábio Chirinhan (Transportes), Soleni O. Pereira (Administração), Izilda Orlando (Educação) e Thiago Silva (Comunicação); a coordenadora da Juventude, Vitória Silvestre; José Carlos Pedroso, presidente da FITO; e Jair Anastácio, presidente CMTO, entre outros.