Texto: Kelly Cerqueira
Foto: Gustavo Souza Carvalho

 

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com o Corpo de Bombeiros da Polícia do Estado de São Paulo, realiza mensalmente o curso de capacitação e “Treinamento de PrimeirosSocorros” aos profissionais da rede municipal de ensino.

Durante a formação, os participantes exercem atividades de atendimento imediato em caso de acidentes no ambiente escolar, além disso, recebem certificação. O curso acontece no Centro de Formação Continuada dos Profissionais da Educação - Professora Águeda Thereza Binotti Pires.

Segundo a professora Juliana Almeida, as formações ministradas pelos bombeiros são excelentes. Foram horas de aprendizado: “com as orientações aprendemos técnicas que nos possibilitam salvar vidas em casos de acidentes. Contudo, estudamos os procedimentos de massagem em crianças e bebês em caso de uma parada cardíaca, por exemplo. Outra situação é quando alguém se engasga, imediatamente aprendemos técnicas que evitam acidentes”.

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, sancionou a Lei 4942, de 13 de fevereiro de 2019 - "Lei Lucas", que dispõe sobre a obrigatoriedade do curso de primeiros socorros nas escolas públicas e particulares de ensino básico no município. A lei recebeu esse nome a partir de uma campanha de conscientização, criada pela mãe do estudante Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, que morreu, em 2017, após se engasgar com o lanche na escola onde estudava. A meta é que os estabelecimentos de ensino contem com pessoas capacitadas para procedimentos básicos de primeiros-socorros.

O jornal da Record exibiu uma reportagem do treinamento que ocorreu com os docentes no Centro de Formação Continuada dos Profissionais da Educação. Para saber como foi a reportagem basta acessar o link abaixo:

https://recordtv.r7.com/jornal-da-record/videos/ministerio-da-saude-pede-que-professores-facam-curso-de-primeiros-socorros-02052019